07/05/2014

arte de Pablo Picasso

Falamos de serviço social, serviço às pessoas, à humanidade, àqueles que estão longe, de ajudar a trazer paz ao mundo - mas sempre nos esquecemos de que são justamente pelas pessoas ao nosso redor que devemos viver antes de tudo. Se você não puder servir a sua esposa ou marido, ou filho, ou parente - como irá servir à sociedade? Se não puder  tornar seu próprio filho feliz, como espera ser capaz de tornar qualquer outra pessoa feliz? Se nossos amigos no movimento pela paz ou nos serviços às comunidades de qualquer tipo não amarem e ajudarem uns aos outros, a quem poderemos amar e ajudar? (Thich Nhat Hanh em The Miracle of Mindfulness: An Introduction to the Practice of Meditation)

Um comentário:

Cristiane Marino disse...

Que reflexão importante!
Muitas pessoas falam em mudar o mundo mas não são capazes de olhar para o lado e ver quem está perto.
Se cada um cuidasse bem daqueles ao seu redor, já não seria maravilhoso?
Bjs