09/02/2014

arte de Sandi FitzGerald

Quando chega a morte, não é da nossa ternura que nos arrependemos: é da nossa severidade.  (George Eliot) 

2 comentários:

Cristiane Marino disse...

Puxa Helen, você foi direto ao ponto!
Bjs e ótima semana

Cristiane Marino disse...

Ah menina, esqueci de dizer, a ilustração é maravilhosa!