29/08/2013


Se conseguirdes não depender da presença física daqueles que amais, mantereis para sempre o vosso amor e a vossa alegria. Já não estareis submetidos às circunstâncias, porque vivereis no único mundo verdadeiramente real – o vosso mundo interior, com o qual formais uma unidade. Assim que saís do vosso mundo interior, sentis que os seres e as coisas vos escapam, ficais à mercê dos acontecimentos. Sabeis quanto tempo o ser que amais ficará junto de vós? Não; talvez ele vá embora um dia. Então, esforçai-vos por focar a vossa consciência nas regiões elevadas, onde as circunstâncias não têm qualquer poder sobre vós, onde o sol do amor nunca desaparece. Lançai-vos na luz desse sol eterno. Enquanto aqueles que amais estiverem dentro de vós, nenhuma força do mundo vo-los poderá tirar. (Omraam Mikhaël Aïvanhov)




imagem de Édouard Boubat

Um comentário:

Cristiane Marino disse...

Que lindo post Helen, belo e profundo!
Adorei a imagem.
Bjs e ótimo final de semana