09/05/2010


E tu, sozinho e pensativo na tua dor,

procurarás a tua mãe, e nestes braços

esconderás o teu rosto;

no seio que nunca muda terás repouso


(Giuseppe Giusti)





arte de Caravaggio

Um comentário:

Vieira Calado disse...

Obrigado pela partilha.

Boa semana, para si.

Bjs